Procurar por termos do vocabulários (expressão regular permitido)
Começar com Contém Exata prazoParece que
Termo Definição
MARGEM CONSIGNÁVEL
É o valor máximo que pode ser descontado do salário, pensão, aposentadoria, ou outra renda, para o pagamento de prestações de empréstimos consignados. Em geral, a margem consignável corresponde a 30% (trinta por cento) da renda líquida e tem o objetivo de impedir que as pessoas peguem empréstimos maiores que sua capacidade de pagamento.
MEIOS DE PAGAMENTO
São haveres líquidos à disposição do público não bancário, que podem ser utilizados a qualquer momento para liquidação de dívidas em moeda nacional.
MERCADO A TERMO
Mercado em que é assumido compromisso de compra e/ou venda para liquidação em data futura, ficando as partes compradora e vendedora vinculadas uma à outra até a liquidação do contrato.
MERCADO À VISTA
Mercado onde os negócios são realizados com o objetivo de se efetuar uma compra e/ou uma venda imediata de um ativo real ou financeiro, com liquidação física e financeira no mesmo instante da negociação.
MERCADO DE CAPITAL
Conjunto de instituições, como bolsas de valores e instituições financeiras (bancos, corretoras, bancos de investimento, seguradoras), ligadas à intermediação de ativos financeiros (ações, títulos de dívida em geral). A principal função do mercado de capitais é canalizar a poupança (recursos financeiros) da sociedade para o comércio, a indústria, outras atividades econômicas e para o próprio governo. Distingue-se do mercado monetário que movimenta recursos a curto prazo, embora tenham muitas instituições em comum.
MERCADO DE OPÇÕES
Mercado em que uma parte adquire de outra o direito de comprar (opção de compra) ou vender (opção de venda) o objeto de negociação, até ou em determinada data, por preço previamente estipulado. Tal objeto de negociação constitui-se em contratos padronizados representativos de um ativo financeiro ou de uma mercadoria no mercado disponível ou no mercado futuro.
MERCADO DE SWAPS
Mercado em que as partes trocam um índice de rentabilidade por outro, com o intuito de fazer hedge (proteção da carteira), casar posições ativas com posições passivas, igualar preços, arbitrar mercados ou até alavancar sua exposição ao risco.
MERCADO FUTURO
Mercado em que as partes assumem compromisso de compra e/ou venda de determinada quantidade de um ativo financeiro ou real, para liquidação (física e/ou financeira) em data futura. As operações do mercado futuro são realizadas em pregão, através da compra e venda de contratos autorizados pela Bolsa, a qual estabelece a padronização dos mesmos.
MERCADO MONETÁRIO
Mercado formado por bancos comerciais e empresas financeiras de crédito que também participam do mercado de capitais.
MERCADOS DE DERIVATIVOS
Mercado no qual são negociados contratos referenciados em ativos financeiros, índices, indicadores, taxas, moedas ou mercadorias, com vencimento e liquidação estabelecidos para uma data futura e por um preço determinado.