Perguntas e Respostas de Crédito e Cobrança

Fórum de discussão para profissionais de crédito e cobrança.
  1. Finanças Pessoais
  2. Quarta, 19 Março 2014
  3.  Assinar via e-mail
Estou recebendo a varios dias e-mail dessa empresa aonde cobra uma suposta divida de um irmão meu de um carro. Bem supostamente essa empresa <<EDITADO PELO MODERADOR>>, está entrando na rede social do devedor pegando e-mail e telefones de parentes e amigos e enviando a cobrança, no meu ponto de vista isso é totalmente quanto quaisquer normas de cobrança visto que se parentes e amigos não são avalista nada tem a haver com o problema e muito menos quem deve que esta sendo constrangindo perante todos, alem disso alem dos e-mail estão ligando. Gostaria de uma orientação como nada devo, não sou avalista e estou bem chateado com esses e-mail e ligações apesar de já no primeiro e-mail ter respondido à empresa que nada tenho em haver com qualquer divida contraida pelo meu irmão caso ela exista realmente o que devo fazer é possivel uma ação por danos morais. Agradeço a atenção
Resposta Aceita
Resposta Aceita Pending Moderation
Prezado Luiz, bom dia!

Diversas empresas estão tentando uma nova tática de localização através das redes sociais, mas para solicitar um contato da pessoa responsável pelo débito, no âmbito jurídico isto é legal uma vez que o texto não exponha a pessoa ao ridículo, tampouco seja uma mensagem onde todos possam ver.

Essas cobranças acontecem via inbox onde apenas o dono do perfil à lê, realmente não podem cobrar um parente próximo pela dívida do outro, muito menos se não é avalista.

Vejo neste caso que a empresa está errando em mandar cobranças para você, mas isto caso nem tenha conhecimento do financiamento, ou seja, não pode ser avalista, ter sido informado como referência no ato do financiamento e etc...

Mesmo assim, toda mensagem de cobrança tem uma ressalva mais ou menos assim: "caso você não seja a pessoa indicada no ato desta cobrança favor desconsiderar a mensagem" isso de certa forma os resguarda de qualquer ação judicial, porém, mesmo em face ao exposto, é inegável que, de fato, o seu "parente" está sendo exposto ao ridículo pois a empresa está "divulgando" aos familiares que a pessoa está com débitos no mercado.

Acredito que a empresa seja passível de uma ação, por parte do seu parente, talvez por difamação.

Espero ter ajudado,

Att,
Thiago Fernandes Nogueira
Especialista em Crédito e Gestão de Risco
  1. mais de um mês atrás
  2. Finanças Pessoais

Envie sua Resposta

Material Grátis

Curso Analise de Crédito

Cursos

Curso Analise de Crédito

 

Curso de Cobrança

Publicidade

Capa de Almofada Santo Antônio

Depoimento

Olá! Achei este site no Google e achei demais! Muito bom mesmo! Precisava de uma duplicata em branco, e “nossa!”, vocês facilitaram e muito a … read more


10/11/2011

Depoimento

Gostei muito do conteúdo do curso e da formar como foi apresentado, pude revisar e aprimorar as técnicas que já utilizo no meu dia a dia, … read more


09/08/2018

Depoimento

Conteúdo inteligente e a apresentação do Denis é fantástica. Não sou especificamente da área de cobrança, mas minha atuação envolve a … read more


24/01/2018