Perguntas e Respostas de Crédito e Cobrança

Fórum de discussão para profissionais de crédito e cobrança.

Foi protestado em meu nome um cheque de R$ 20,00 do ano de 1997 em Niterói, RJ.
Esse cheque foi passado a um posto de gasolina que o repassou não sei para quem.
Eu nunca consegui resgatá-lo e nunca ninguém me ligou.
Como devo proceder?

Respostas (7)

Eu moro em Santos - SP. Podem protestar meu nome em outro estado?
Passei um cheque em Santos, pode ser protestado no Rio de Janeiro - RJ?
Meus caros cidadãos Brasileiros, é com árduo amargo que vos comunicarei minha dúvida.

Como devo proceder?

Moro em São José dos Campos - SP e um cheque de minha titularidade foi protestado no estado do Rio de Janeiro.
Esse protesto de valor ínfimo me impede de poder gozar de minhas revelia.
Obrigado!
Pessoal,

A Lei do Protesto determina que os títulos sejam protestados na comarca de origem do documento ou na comarca do emitente do mesmo.
Quando ocorre isto, destes casos de SP que estão sendo protestados no RJ, o melhor caminho é buscar recursos jurídicos e processar a Empresa que fez isso solicitando danos e responsabilidade pelas custas processuais, pois, cabe a empresa o ônus da prova de que, ou documento ou emitente, são do RJ.

Espero tê-los ajudado.

Rikardo Ribeiro
Estou protestado em Barra do Piraí - RJ

Ao solicitar a certidão de protesto ao Cartório, este me informou que os protestos de outras praças estão suspensos por ordem judicial e me negam a certidão.

Tem que aguardar a Decisão Judicial. E agora? O que faço? Não sei quem é o credor e desconheço a origem do cheque. Não negocio com cheques há mais de 10 anos.

Isso é legal? Por que o Judiciário não toma as providencias da proibição dessas atitudes.

Me orientem no que for possível para o cancelamento desse ato.

Grato.
Boa tarde!

Minha esposa e eu fomos financiar um imóvel pela Caixa Econômica Federal e fomos pegos de surpresa, que ela tem um restrição em seu nome .

E realmente ao consultar no Serasa realmente consta essa restrição no 2º Cartório na cidade de São Pedro da Aldeia no Estado do RJ, e a empresa que protestou-a é uma empresa de cobrança situada na cidade do Rio de Janeiro - RJ.

A questão, é que essa empresa alega que tem um cheque no valor de R$ 118,00, emitido em 2001 (que pela data já prescreveu), e por esse motivo negativou o nome da minha esposa.

Nós nunca estivermos e nem pretendemos ir ao Rio de Janeiro, e na Internet constam vários relatos de pessoas que passaram por essa situação.

O que podermos fazer para contornar essa situação? E por esse motivo não estarmos conseguindo dar entrada em um financiamento de um imóvel na CEF.

O que andei verificando com base na lei do consumidor e da emissão de cheque, Essa empresa jamais poderia esta agido desta maneira e nem fomos notificados tanto pela empresa e também pelo cartório.

Att. Ronaldo.
É um absurdo isso que está acontecendo!

E as autoridades não tomam qualquer providência.

Vejam só os relatos neste outro fórum:

http://forum.jus.uol.com.br/77887/2/informacoes-sobre-protesto-em-cartorio-no-rj/

É responsabilidade do Ministério da Justiça fiscalizar estes cartórios. Por isso, se você foi vitima deste tipo de fraude, faça uma denúncia no site do MJ:

http://www.mj.gov.br/main.asp?View={34BABDD6-829B-48C7-A6CC-78EC842CE0B4}
Boa tarde !

Conforme disse o colega, os documentos a serem protestados devem por obrigação, ser protestados no estado e cidade de origem. Caso ocorra de forma diferente, cabe uma ação contra a empresa que fez o protesto. Neste caso duas ações na verdade, uma de sustação de protesto e outra por dano moral.

Envie sua Resposta

Faça login para postar uma respostaVocê precisa estar logado para poder postar uma resposta. Entre usando o formulário à direita ou registe-se se você é novo aqui.