Referências Comerciais

0
Trabalho no ramo de confecção e sempre pedimos pelo menos 5 referências comerciais. Mas há uma resistência muito grande das empresas em fornecer essas referências. Esse problema é geral? Quando não consegue informação em nenhumas destas referências, o que é aconselhável fazer? (detalhe: vendemos através de representantes)
Respostas (11)
  • Melhor Resposta

    Quinta, 16 Novembro 2006, 03:01 PM - #permalink
    0
    Leila,

    Evidentemente que as referências comerciais são informações relevantes em qualquer procedimento de análise e concessão de crédito, contudo deve entender que o maior critério no momento da definição de limite crédito é o "feeling" que o analista de crédito possui. Outras informações qualitativas a respeito do cliente também devem ser consideradas, tais como: tempo de constituição, restritivos, interesse da empresa no repasse de informações, desempenho do mercado em que o cliente faz parte, perspectivas deste mercado, rentabilidade deste setor da economia, parecer do seu representante a respeito da empresa, situação dos impostos (carga tributária), investimentos realizados, qualificação da gerência, entre outros. se possuir um sistema que te auxilie no momento da análise, você poderá pontuar cada critério com seu grau de importância. Não esqueça a análise quantitativa (balanço, faturamento). Enfim, não depende somente das referências comerciais, mesmo porque o seu futuro cliente poderá indicar empresas que não existem ou que estão de acordo para dar boas referências. Muito cuidado. A Serasa lhe fornece informações a respeito de pontualidade por títulos. É um ótimo instrumento para suprir sua necessidade.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Sexta, 24 Novembro 2006, 07:11 AM - #permalink
    0
    Celso, achei muito interessante sua colocação, e gostaria de saber, como você consegue informações a respeito da situação do cliente quanto ao pagamento dos impostos?
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Segunda, 27 Novembro 2006, 11:31 AM - #permalink
    0
    Fabio,
    no site www.receita.fazenda.gov.br (opção certidões), você obtém certidão negativa de débitos e tributos junto à união, de divida ativa e regularidade junto ao Fisco.
    No site www.caixa.gov.br, você obtém a certidão de regularidade de FGTS. Basta digitar o CNPJ e o código que aparece. Caso a situação não esteja regular você recebe a mensagem que não existem dados suficientes para a emissão da certidão solicitada.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Segunda, 27 Novembro 2006, 12:26 PM - #permalink
    0
    Fabio,
    Você poderá encontrar estas informações nos sites da receita federal (tributos federais), INSS (previdência) Caixa (FGTS). Para tributos estaduais deverá verificar a qual UF pertence o seu cliente e solicitar via internet uma certidão (on-line) ou pedir ao seu cliente para te enviar um fax. Para tributos municipais segue o mesmo esquema de estaduais. A Serasa fornece informações no Concentre a respeito de pendências de qualquer natureza.
    Para constatar a inexistência de débitos fiscais as certidões devem ser negativas ou positiva com efeito de negativa.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Terça, 13 Março 2007, 02:37 PM - #permalink
    0
    Prezados companheiros de atividade,

    Tenho dúvida com relação a passar ou não informações comerciais sobre clientes.
    A minha diretora disse que não podemos negativar o cliente a um fornecedor, ou seja, não podemos informar que este atrasa, que paga em cartório, que tem pendências com a empresa, etc.
    Não localizei esta lei. Mas, faço o que ela solicita.

    Alguém saberia me informar se esta lei existe e onde encontrar?

    E como vocês passam informações: fax, e-mail ou a viva voz?
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Quarta, 14 Março 2007, 05:47 AM - #permalink
    0
    Thelma,
    Se você deixar de dar informações comerciais sobre um cliente inadimplente você estará sendo conivente com a atual situação deste e, poderá prejudicar uma negociação.
    Vamos entender da seguinte forma: O seu cliente é ruim, deve para sua empresa e você informa à outro fornecedor que este cliente é bom. Certamente o cliente vai comprar do seu concorrente e não mais da sua empresa. Você deixa de vender e certamente terá dificuldade na cobrança, pois, o cliente prefere pagar quem lhe dá crédito.
    Entenda que você poderá estar "prostituindo" o mercado se deixar de dar informações comerciais corretas.
    Já pensou que isso pode acontecer com sua empresa??
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Terça, 29 Maio 2007, 05:02 PM - #permalink
    0
    Bem, em relação à pergunta sobre Referencias Comercias, acabei de fazer um curso sobre Adm. em Crédito e Cobrança no Ciesp. Pois, já trabalho na área e gostaria de obter mais conhecimentos. Lá eu aprendi que não devemos fornecer referências comercias negativas de nosso cliente. Se for fornecer, mesmo o cliente sendo mal pagador, esta informação deve ser positiva, pois, se o cliente descobre que você está fornecendo informações negativas sobre ele, ele pode abrir processo contra sua empresa e ganhar. Por isso, que existe órgãos credenciados no mercado como Serasa, SPC e Equifax. Somente estes órgãos podem fornecer informações negativas e positivas sobre o cliente. Pois, além de estarmos dando informações de "graça", estamos fazendo algo que não nos compete.
    Sheila
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Sábado, 07 Julho 2007, 05:33 AM - #permalink
    0
    Quanto a referências comerciais, acredito que uma referência negativa do cliente, possa vir sim a prejudicar a empresa. Porém, acho que se o seu cliente não é um bom cliente, não convém darmos uma referência positiva do mesmo, uma vez que, não gostaria se no caso a pessoa interessada na referência fosse eu.
    No meu caso procuro dar referencias ditas como "negativa" da seguinte forma, por exemplo: "bom, a média de atraso nas prestações é cerca de 15 dias....", e deixo a pessoa interessada, fazer a sua própria análise.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Quarta, 01 Agosto 2007, 04:49 AM - #permalink
    0
    Pessoal,
    Estou tendo problemas também com relação a referencias comerciais. São várias ligações por dia. Antes, passávamos por fax. Mas, eram tantos que resolvemos passar por telefone em um determinado horário.
    Acredito que a relação cliente fornecedor seja sigilosa, portanto não sou favorável em passar informação. Mas, a empresa não vê desta maneira. Por isso, gostaria de saber se existe uma lei, artigo, que fale a respeito ou se alguém já sofreu algum processo por passar ou não informação.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Quarta, 15 Agosto 2007, 12:31 PM - #permalink
    0
    Leila, boa tarde!

    Pois é, realmente as referências comerciais são de suma importância para complementar sua posição definitiva frente à análise e concessão do crédito. Aconselho a sempre que entrar em contato com uma empresa para pedir referências, agir com tranqüilidade e bom humor. Peça para falar diretamente na área financeira, isto pode ajudar e dá um ar de seriedade e necessidade para se obter as informações. Deixe bem claro na referência que o interesse maior é do cliente. Você também pode pedir uma referência bancária, assim terá o histórico da empresa em um determinado banco e ajuda no seu parecer final. Geralmente os bancos fornecem somente o tempo da conta e se der sorte poderá receber a informação de um limite ou até mesmo se a empresa é bom, regular ou ótima. Se for uma grande empresa, pode também consultar na Internet, lá terá informações relevantes e ajuda muito na análise.

    Espero ter ajudado você. Um abraço e boa análise.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Sexta, 20 Março 2009, 07:33 AM - #permalink
    0
    Olá!
    Trabalho em uma empresa que importa máquinas de costura industrial e vendemos tanto para pessoa física quanto à grandes e pequenas confecções. A busca de crédito aqui baseia-se nas referências comercias e bancárias, tendo aquele arcaico serviço de pedir referências no mercado através de fax e ligações.
    Estou tentando mudar esta forma de trabalho, porém, a chefia resiste às consultas on-line, pois quer analisar o cliente no nosso nicho de mercado.
    Será que alguém pode me ajudar com uma nova solução de busca e análise para eu apresentar à minha empresa?
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
Sua Resposta