Juros de mora e Multa por atraso

0
Qual a diferença entre juros de mora e multa por atraso?
Quanto posso cobrar por cada um deles?
Respostas (7)
  • Melhor Resposta

    Quarta, 05 Agosto 2009, 12:11 PM - #permalink
    0
    Juros de mora - é o percentual de 1% ao mês sobre o valor principal.
    Multa por atraso - é o valor de 2% acrescido uma única vez sobre o valor do principal.

    Multa por atraso, então, é uma multa por você não ter pago no vencimento; e
    Juros é a monta que você paga, percentualmente sobre o principal, por dia de atraso.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Quarta, 05 Agosto 2009, 07:54 PM - #permalink
    0
    Concordo com a resposta anterior, mas quero complementar:

    Os percentuais máximos previstos em Lei:

    Juros = 1% a.m.
    Multa = 2% sobre o principal
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Quarta, 14 Outubro 2009, 04:02 PM - #permalink
    0
    Boa Noite!

    Sobre a questão legal do juros de 1% ao mês está correta.
    Porém, queria saber de onde saiu esses 2% de multa?
    Para lembrar, não há como cobrar multa se não está firmado em contrato.
    Se estiver, pode cobrar o valor de até 20% como Clausula Penal, porém não poderá pleitear mais perdas e danos.
    Abraços!
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Quinta, 28 Janeiro 2010, 12:14 PM - #permalink
    0
    Boa complementação Fernando.

    A multa só poderá ser cobrada em caso de ser especificada em clausula penal. Esqueci de pronunciar isso em meu comentário anterior.

    Grato pela complementação.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Sexta, 23 Abril 2010, 08:16 PM - #permalink
    0
    Certo...

    E se ainda que sem um contrato no ato da cobrança aplicar a porcentagem da multa, até onde o devedor pode ganhar com isso??
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Quinta, 24 Maio 2012, 10:02 AM - #permalink
    0
    Olha gente, respeito a opinião de todos, porem também tenho a minha:

    No caso, existem 2 tipos de devedores, os honestos (que querem mas não podem pagar) e os "pilantras" (que não querem mas podem ou não pagar).

    Mas independente disso, vejam bem, é difícil e tem muitos custos ter uma empresa, a gente vende, e quando a pessoa não paga, é prejuízo, é dinheiro que se vai e continua indo... cada carta de cobrança é papel desperdiçado, cada e-mail enviado é tempo desperdiçado, cada telefonema feito é mais dinheiro que vai embora quando eu pagar a conta do telefone, que poderia ser utilizado para algo lucrativo, não sei se entendem meu lado, mas, existem contas que levam meses pra serem recebidas, e por todo prejuízo e aborrecimento que temos, muitas vezes tudo o que ganhamos são míseros centavos de juros. Acho essa lei que limita a 2% INJUSTA E IMORAL.

    Sim, eu disse IMORAL, pois trata-se de uma apologia à inadimplência, entendo a situação de quem deve e não pode pagar porque não tem recursos, porem, se a pessoa não sabe administrar seu próprio dinheiro ou aconteceu alguma fatalidade, eu não posso pagar por isso - não é culpa minha - não é problema meu, e também não posso me tornar inadimplente com meus credores porque meus clientes são assim comigo, eles não tem nada a ver com isso.

    Quero também deixar bem claro que minha intensão, ao escrever essas palavras, não é discriminar ou constranger a quem deve, muito pelo contrário, apenas quero defender meu direito de receber pelo que vendo.

    Obrigado! E espero que entendam minha opinião.
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
  • Melhor Resposta

    Sexta, 09 Novembro 2012, 12:58 PM - #permalink
    0
    Eu concordo com Wellington.


    Preciso de um esclarecimento: juros quando ultrapassados a cobrança de 2%, o meu cliente tem o direito de se recusar a pagar?
    A resposta está atualmente minimizada Mostrar
Sua Resposta