Muito antes da cobrança digital

 

O uso das mídias sociais na cobrança de dívidas é um assunto muito procurado nos meus treinamentos.

Todos têm interesse em descobrir novas formas de fazer cobrança, seja pelas redes sociais, pelos aplicativos de mensagens, e por qualquer nova tecnologia que surja.

Porque esse interesse?

Certamente esse interesse por novas formas de cobrança existe porque as formas atuais de cobrança não estão trazendo os resultados esperados.

Mas, será que dominar as redes sociais é realmente a melhor resposta?

Vamos pensar no devedor de hoje:

Hoje o inadimplente, como pessoa, não tem mais vergonha da sua própria situação.

Ele, devedor, acha até engraçado falar que está com o nome sujo, uma vez que quase todos os seus conhecidos já passaram ou estão passando pela mesma situação.

Talvez “estar inadimplente” lhes dê o sentimento de pertencimento à um grupo social, ao clube dos devedores...

Brincadeiras à parte, se a vergonha de estar inadimplente não é mais um fator que motiva o devedor a buscar regularizar a sua situação, o que então poderá motivar esse devedor?

As estratégias de cobrança que funcionavam antigamente, não têm o mesmo resultado nos dias atuais. Funcionava naquela época porque a sociedade era outra, a cultura era outra.

O que precisamos hoje é usar novas estratégias de cobrança.

Mas, não podemos confundir novas estratégias de cobrança com novos canais de comunicação.

As redes sociais são novos canais de comunicação. As redes sociais não são novas estratégias de cobrança.

Um novo perfil de devedor

Outro ponto que devemos considerar é que usar velhas estratégias de cobrança em novos meios de comunicação não é garantia de bons resultados.

Sabemos que as redes sociais são essencialmente canais de relacionamento. Por isso, a cobrança originalmente coercitiva precisa se transformar para poder produzir bons resultados nesse novo ambiente digital.

Além disso, não podemos esquecer que em última análise é o devedor quem decide qual é o compromisso financeiro que ele vai priorizar.

Se a decisão de pagar é do devedor, criar um desejo verdadeiro de liquidar a dívida é o caminho a ser trilhado na estratégia de cobrança.

É por tudo isso que eu aposto muito nas técnicas de persuasão em cobrança.

Entender as necessidades e entender quais são os fatores que motivam o devedor, é o que nos permite ajustar a estratégia de cobrança ao perfil desse novo devedor que não se incomoda com a negativação e com os insistentes contatos de cobrança.

Se você quer aprender novas estratégias de cobrança, se você quer aprender a cobrar esse novo tipo de devedor, então te convido a conhecer o Curso Avançado de Cobrança e Recuperação de Créditos, acessando agora Esse Link

Um grande abraço!

Dr. Denis SiqueiraDr. Denis Siqueira
CreditoeCobranca.com - Cursos e Treinamentos

 

CONTEÚDO VIP

RECEBA NO SEU E-MAIL AS DICAS, PLANILHAS, CHECKLISTS, MODELOS E VÍDEOS EXCLUSIVOS PARA OS PROFISSIONAIS DE CRÉDITO E COBRANÇA!

captcha